Aprenda a fazer citações diretas em trabalhos acadêmicos

Existem muitas dúvidas acerca da formatação da ABNT

Ao longo da vida acadêmica é provável que você produza diversos trabalhos, entre papers, resumos, artigos, resenhas, entre outros. Porém, em caso de peças científicas feitas com um intuito de serem publicadas em congressos, ou que contam como avaliação final de alguma disciplina, é necessário formatar o texto nas normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Entre as formatações exigidas está a citação, que consiste na reprodução de trechos de obras e que é dividida em três tipos específicos: direta, indireta e citação da citação. Dessa vez, vamos falar do primeiro deles:

Citação direta

Imagine que você está lendo algum livro e encontra uma frase que ficaria ótima para corroborar com sua pesquisa. Ao transcrever o trecho, na íntegra e de forma forma fiel ao original, você estará fazendo uma citação direta. Essa transcrição tem que ser feita entre aspas duplas (“), e pode acontecer de duas formas:

Crédito no final da citação

Como o nome sugere é feita quando o crédito do autor fica ao final da passagem. É preciso colocá-lo entre parênteses ( ), com o sobrenome do escritor em letras maiúsculas, seguido do ano em que a obra original foi publicada e do número da página onde o texto aparece.

Exemplo:

“Ninguém nasce mulher: torna-se mulher. Nenhum destino biológico, psíquico, econômico define a forma que a fêmea humana assume no seio da sociedade; é o conjunto da civilização que elabora esse produto intermediário entre o macho e o castrado que qualificam de feminino” (BEAUVOIR, 1967, p. 09).

Crédito no início da citação

Ao começar uma citação pelo autor, a ABNT determina que o sobrenome dele deva estar apenas com a letra inicial em maiúscula, enquanto o restante é escrito em minúsculas. Em seguida, devem constar o ano e página (ambos entre parênteses) da obra onde o texto foi retirado.

Exemplo:

De acordo com Beauvoir (1967, p. 09) “Ninguém nasce mulher: torna-se mulher. Nenhum destino biológico, psíquico, econômico define a forma que a fêmea humana assume no seio da sociedade; é o conjunto da civilização que elabora esse produto intermediário entre o macho e o castrado que qualificam de feminino.”

Grifos

Se o texto original apresentar trechos em itálico, sublinhado ou negrito, ele precisa ser fielmente reproduzido em seu trabalho, seguido da expressão “grifo do autor”. Se a passagem tiver sido grifada por você, para dar mais ênfase a sua argumentação de pesquisa, a citação deverá ser seguida da expressão “grifo nosso”.

Exemplo:

“Ninguém nasce mulher: torna-se mulher. Nenhum destino biológico, psíquico, econômico define a forma que a fêmea humana assume no seio da sociedade; é o conjunto da civilização que elabora esse produto intermediário entre o macho e o castrado que qualificam de feminino” (BEAUVOIR, 1967, p. 09, grifo nosso).

Citações extensas

Por fim, caso a citação escolhida seja muito extensa e apenas uma parte dela sirva ao conteúdo apresentado, a ABNT recomenda a supressão de parte da citação utilizando um sinal de colchetes com reticências […].

Exemplo:

“O prazer de comer é a sensação de satisfazer uma necessidade que temos em comum com os animais. Comer, o instinto que mais cedo desperta […]. Fome é a carência biológica alimento que se manifesta em ciclos regulares” (FRANCO, 2001, p. 17).

Você pode gostar...

3 Resultados

    • LeiaJá disse:

      Oi, Vilcirene. Ficamos felizes em ver que as dicas atenderam suas necessidades. Muito obrigado pelo feedback! Conte com a gente quando estiver com algum outro questionamento. Um abraço e até a próxima!

  1. amei as dicas .. aprendi bastante..obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *