Aprenda como elaborar o currículo ideal

copia-de-shutterstock_114474988O currículo, é a primeira etapa de um processo de seleção de emprego, sua elaboração correta é fundamental para o candidato se destacar. O currículo tem que estar bem ajustado para a vaga pretendida, porque é através dele que o empregador tem a primeira impressão do candidato.
Em um exemplo do que não fazer, está num currículo onde o candidato se desfaz em elogios a ele mesma: “responsável, determinado, ativo, organizado”. Ele só destaca as qualidades sem apresentar as experiências.E quando o recrutador conhece o candidato e percebe que ele não é tudo aquilo que diz ser, é tarde demais: a má impressão já foi criada.
A imagem do candidato também pode ser prejudicada pelos excessos na apresentação do currículo. Use duas folhas, três no máximo, isso se o seu currículo for extenso; imprima em papel branco, nada de enfeite ou cores. Caso não utilize uma pasta L, é bom grampear as folhas impressas para que não se percam. Um currículo organizado em tópicos, bem objetivo, é sempre melhor que um cheio de informações confusas.
Dados pessoais são importantes, portanto nome, estado civil, endereço e telefone devem constar no seu currículo. Coloque essas informações sempre no início da folha. Não precisa usar números de documentos como CPF e RG. Lembre-se de acrescentar um e-mail ativo, mas cuidado, para não ser algo como “gatinha@”. Se você tiver e-mails apenas assim, crie um que tenha um perfil profissional.

Selecionamos algumas dicas importantes que você deve sempre estar atento na hora da elaboração do seu currículo. Veja:

• Coloque em seu objetivo a sua função, ou cargo a que você está se candidatando.

• Na formação acadêmica comece sempre pelo curso mais recente; não precisa colocar tudo o que você estudou, só os cursos que têm a ver com o cargo que você pretende; não esqueça de citar a instituição em que se formou e a data; neste tópico pode falar os cursos de idiomas.

• Qualificação. Muito cuidado com a forma que você se apresenta. Observe bem os adjetivos usados e nada de elogios excessivos; escreva o que você sabe fazer e suas experiências. Se já fez um intercâmbio, não deixe de colocar no seu currículo.

• Atividades profissionais. Coloque onde trabalhou, os cargos que exerceu e as datas; se puder, conte um pouco do que realizou enquanto esteve na empresa; seja direto, não precisa falar de todas as empresas que já atuou, conte somente sobre os três últimos empregos.

• Faça uma revisão minuciosa, não deixe passar erros de português; não enfeite as letras, não grife, não faça destaques coloridos. Lembre-se: simplicidade é a chave.
O currículo é sempre a primeira etapa de um processo de seleção de emprego por isso faça tudo certo, pois pode não haver uma segunda chance.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *