Carreira acadêmica: conheça mais sobre programas e bolsas de pesquisa

bolsas de auxílioIngressar no Ensino Superior é, entre outras coisas, ser colocado em contato com um mundo de siglas e termos, alguns nunca ouvidos. Contudo, é uma questão de tempo e experiência para que você se habitue e perceba que essas nomenclaturas não são tão difíceis assim. As bolsas de pesquisa, por exemplo, estão entre esses termos que podem confundir na hora de identificar cada uma.

O que são bolsas de pesquisa?

O auxílio ou bolsa de pesquisa é o benefício financeiro dado para incentivar e custear pesquisas científicas. Alunos, professores ou outros profissionais formados que atuam como pesquisadores, podem submeter seus projetos à instituições que selecionam propostas para serem apoiadas. Para te ajudar a entender melhor as siglas e termos mais comuns relacionadas ao assunto, separamos e explicamos três delas para você. Confira!

CNPq

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações possui o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Criado em 1951, ele atua contribuindo para o incentivo à pesquisa científica nacional, apresentado-se como líder no número de concessão de bolsas. Os financiamentos de pesquisa oferecidos pelo CNPq podem ser parciais ou integrais e abrangem as diversas áreas do conhecimento, não sendo restritos ao Ensino Superior. Existem modalidades de programas e bolsas que atendem desde o Ensino Médio até o Doutorado, beneficiando também pesquisadores que já experientes.

PIBIC

O PIBIC é o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, que concede incentivos financeiros para estudantes de graduação envolvidos em pesquisas. Ele é comumente oferecido pelo CNPq e funciona repassando as bolsas diretamente para as instituições de pesquisa ou do Ensino Superior. Cabe a instituição selecionar quais alunos e projetos serão contemplados. Os discentes podem se tornar bolsistas através da indicação dos orientadores de projetos de pesquisa.

Capes

Tratando especificamente dos programas voltados para pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) atua divulgando, avaliando e investindo na pós-graduação nacional. Desde 2007 a Coordenação também trabalha na formação inicial e continuada de professores da Educação Básica (magistério).

Sobre as bolsas e auxílios, ela disponibiliza incentivos para o magistério superior e para o desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas. Entre as modalidades estão as de graduação e pós-graduação plenas (cursadas completamente em país estrangeiro) e sanduíche (parte cursada em instituição estrangeira), pós-doutorado, professor visitante no exterior, entre outras.

Além desses termos, existem muitos outros que variam de acordo com a instituição de ensino e programas específicos. Tem algum outro que você conheceu no Ensino Superior? Compartilhe nos comentários!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.