Cuidados contra acidentes de trabalho que todo funcionário deve ter

Evitar que acidentes de trabalho aconteçam no meio corporativo é dever de toda empresa. Já para funcionários, cabe estar atento e se prevenir sempre com medidas para sua proteção e integridade. 

É considerado acidente de trabalho toda lesão corporal ou perturbação da capacidade funcional. Ele é causado durante atividades no ambiente corporativo e pode ser de causa externa, súbita, imprevista ou fortuita.

As suas consequências podem ser a morte, a incapacidade para o trabalho, total ou parcial, permanente ou temporária. Para prevenir tais danos, separamos uma lista com dicas de segurança imprescindíveis no ambiente de trabalho, para todo funcionário estar atento. Confira! 

Tenha um manual por perto

Toda empresa é responsável em fornecer orientações para seus funcionários sobre políticas e medidas que evitem acidentes de trabalho. Com isso, estar por dentro das cartilhas instrutivas sobre segurança é primordial. Nesse documento, devem estar presentes todas as regras estabelecidas pela instituição, com uma linguagem clara e acessível a todos os funcionários. É preciso, ainda, que cada processo desenvolvido pela empresa tenha um Procedimento Operacional Padrão (POP), a fim de se estabelecer uma ordem de execução das atividades, aumentando a segurança para ambos, empresa e funcionários.

Atenção às sinalizações de emergência

Por lei, todo ambiente de trabalho deve estar devidamente sinalizado para possíveis situações de emergência. Portanto, em todo local de acesso à sua rotina corporativa, vale se informar e até conhecer os percursos de saída de emergência, onde estão sinalizadores ou até extintores de incêndio, por exemplo. 

É importante ainda estar atento aos símbolos e dizeres de placas e suas indicações, como choque, explosões, queimaduras química, etc., e a pintura de faixas restritivas no chão, fornecendo uma identificação visual do risco.

EPIs e EPCs mais que necessários!

Cada função demanda de seu Equipamento de Proteção Individual (EPI) ou Coletivo (EPCs) necessários. Eles consistem em utensílios utilizados por uma pessoa ou por uma equipe, a fim de prevenir a ocorrência de lesões durante a execução de determinadas atividades na empresa.

Tais equipamentos previnem acidentes de trabalho e, portanto, aumentam a segurança tanto para os colaboradores quanto para a empresa.

Portanto, é imprescindível tê-los por perto, a depender da atividade desenvolvida por cada colaborador. Caso a empresa não possua adequadamente, o empregador deve solicitar para manter sua integridade aos executar suas devidas funções no trabalho. Vale lembrar que esses equipamentos não devem gerar qualquer ônus ao trabalhador.

É direito do trabalhador

Por meio de um decreto da  Constituição Federal, torna-se direito dos trabalhadores receber um seguro contra acidentes de trabalho. Isso inclui indenização obrigatória quando incorrer em dolo ou culpa.

Todos acidentes devem ser evitados com medidas básicas obrigatórias de proteção. Contudo, quando isso não acontece e os funcionários sofrem algum tipo de lesão durante o trabalho, passam a ter direito a compensações. As principais são:

  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Habilitação e reabilitação profissional;
  • Aposentadoria por invalidez e pensão por morte, cuja responsabilidade é do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Seja qual for o ambiente corporativo, siga nossas dicas e evite acidentes de trabalho na sua empresa! E, caso tenha ficado alguma dúvida, compartilhe conosco deixando um comentário!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.