Dress code: você sabe como se vestir no trabalho?

Por: Camilla de Assis

Trajar a vestimenta adequada faz parte da incorporação da cultura da empresa

Trajar a vestimenta adequada faz parte da incorporação da cultura da empresa

Colocar uma roupa para ir trabalhar vai muito além de apenas vestir-se. O traje é um dos cartões de visita do profissional, e demonstra seu alinhamento com a cultura organizacional da empresa.

Traduzido de maneira literal, dress code é o código de vestimenta. Nas empresas, é muito importante que o profissional saiba se adaptar e seguir os “comportamentos de vestimenta” que as corporações possuem, mesmo que esse código fique no campo do subentendimento. Uma pesquisa realizada pela empresa de recursos humanos OfficeTeam, revelou que 18% dos líderes de corporações entrevistados afirmaram que seus empregados se vestiam muito mais informalmente do que há cinco anos.

E qual é o critério para saber se vestir dentro do ambiente de trabalho? Segundo a professora de comunicação social da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau, Suelen Franco, o limite é o bom senso, mas existem algumas dicas infalíveis. “O vestuário é como um jargão técnico de cada área, é um elemento para o código organizacional da empresa”, afirma a docente.

O quesito vestimenta é tão importante, que revela a congruência entre a parte prática quanto estética das atividades exercidas diariamente, pelo profissional.E para você saber lidar com sua vestimenta da melhor maneira possível no ambiente de trabalho, a professora dá uma dica importante: “A princípio, quando os estudantes têm os primeiros contatos com o mercado de trabalho, é essencial ir da forma mais básica possível para não ter risco de errar. Posteriormente, é importante ser um bom observador para saber se moldar ao ambiente”, pontua Suelen Franco.

Portanto, para ajudar você a não errar na hora da escolha do look, Suelen Franco, deu algumas dicas de vestuário para os estudantes e profissionais de algumas áreas. Confira abaixo:

Saúde
Cores claras são importantes, já que lembram a higiene e a assepsia exigidas nas profissões dessa área. É necessário, também, que os profissionais usem sempre roupas confortáveis e limpas e que estejam em condições ideais para o manuseio do paciente ou da pessoa atendida. Sapatos sempre fechados, evitando sandálias de dedo, rasteirinhas e similares.

Exatas
Além do conforto, é preciso seguir as regras de seguranças, especialmente nas áreas de engenharia como o uso de capacetes, luvas, sapatos especiais como botas e equipamentos de proteção necessários.

Comunicação, audiovisual, moda e afins
Nessas áreas, a vestimenta é mais informal e também há a expectativa das pessoas que você tenha um estilo mais marcante. Entretanto, é preciso evitar exageros: seu trabalho deve chamar mais atenção do que suas roupas.

Jurídica
Nessa área, pela maneira formal de vestimenta, a recomendação é o uso de saltos scarpins, para as mulheres, saias mais longas e calças de tecido, sapatos fechados, blusas e camisas sociais e até mesmo ternos. Entretanto, é necessário se adaptar de acordo com o clima do local onde se mora.

O que nunca usar?
O ambiente de trabalho é um local de concentração e de relações profissionais. Portanto, nesse espaço não cabe a utilização de roupas muito justas, vestidos curtos, vestidos de festa ou de balada, shorts curtos, blusas decotadas, blusas regatas masculinas, acessórios muito carregados, cores fortes fora de sintonia.

Por outro lado, algumas empresas permitem o uso de bermudas. Entretanto, é preciso saber a área. “Em casos muito especiais, muito específicos, algumas empresas permitem que seus funcionários utilizem bermudas durante o expediente, principalmente nos ramos de comunicação e T.I.”, explica Suelen Franco.

Eaí, gostou de nossas dicas? Deixe seu comentário!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.