Entrevista de emprego: conheça 4 perguntas recorrentes e saiba como respondê-las

Levantamento de empresa mostra que 15% dos currículos são descartados. Foto: Freepik

“A primeira impressão é a que fica”. Na prática, a conhecida frase brasileira é levada a sério na prática, principalmente, na hora da entrevista.  Exatamente porque no primeiro momento que o candidato se apresenta, cabe ao recrutador avaliar se aquele perfil se enquadra ou não ao do funcionário que ele procura para compor o ambiente corporativo.

Nesse contexto, saber como responder as perguntas na hora da entrevista é essencial para se dar bem. E é justamente nesse ponto que muita gente ainda fica na dúvida do que deve ou não dizer para não por tudo a perder.  Para te ajudar a entender melhor e não errar mais, separamos 4 perguntas recorrentes, junto a especialista em Recurso Humanos, Monica Andrada, para esclarecê-las. Confira!

1-“Quais são seus pontos fortes e fracos?”

Nesse tipo de pergunta é identificada como a auto-avaliação do candidato se dá, como ele desenvolve a resposta e o que tem de melhor a oferecer.

Monica explica que o ideal é que quando o candidato for questionado,cite exemplos positivos, reais e de impacto que tenha sobre o trabalho e sobre si, que reflitam na função pretendida. No caso de pontos negativos, a especialista ressalta que é importante ser franco, mas também reconhecer que precisa melhorar, dando alternativas – de preferência – para tal evolução.

2-“ Como você se imagina daqui a 5 ou 10 anos?”

Quando o recrutador avalia como o calouro se vê ou cria perspectiva de vida, costuma usar esse tipo de pergunta. Mônica salienta que é um ponto fundamental para saber se o avaliado almeja um futuro ascendente, dentro da empresa, sem tornar-se estável.

“Como ele pensa o futuro faz toda diferença. Se ele pensa somente no hoje para juntar dinheiro e gastar em uma viagem, por exemplo. Ou se ele planeja para outros feitos durante o futuro”, ressalta.

Mônica esclarece que é importante que o candidato demonstre clareza sobre os interesses na empresa. “A melhor forma de responder esse tipo de pergunta é deixar claro como ele se imagina ao se tornar um contratado. Se ele deseja criar raízes no ambiente corporativo, progredir, crescer neste ambiente, é um diferencial para os interesses do local que pretende contratá-lo.”, salienta Andrada.

3-“Por que você quer trabalhar nesta empresa?”

Nessa pergunta é fundamental saber do candidato qual nível de conhecimento dele sobre a empresa  como seus valores são compatíveis com a organização. Logo, para estruturar bem esse tipo de resposta o mais importante é que ele pesquise antes sobre o local, antes mesmo de comparecer a entrevista.

“Entender sobre o que é a empresa, antes de dar informações é imprescindível. Ou então, sempre que possível, conversar com funcionários e ex-funcionários sobre o local para entender o como funciona o local que ele pretende fazer parte”,  diz Mônica.

Ela acrescenta que saber da empresa, através de colaboradores que passam muito tempo dentro dela, ou se há qualidade de vida e benefícios compatíveis com seu interesse, é um diferencial para ter uma resposta adequada na hora desse tipo de pergunta.

4- “Qual sua pretensão salarial?”

Segundo a especialista, essa é uma das perguntas mais temidas pelos candidatos. No entanto, ela endossa que é importante destacar a faixa salarial pretendida, sem grandes temores ao recrutador.

É interessante que ele mencione o salário pretendido, seja como margem do valor que recebia na última empresa trabalhada ou outro. Mais importante ainda é que se mostre aberto a uma negociação que a empresa tenha a oferecer, de acordo com suas qualidades”, finaliza Mônica.

Quer mais dicas para se dar bem durante uma entrevista? Saiba também como evitar erros comuns!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.