Estágio: é necessário ter experiência?

Estagiar, para muitos, significa colocar em prática o que é aprendido dentro da sala de aula. No curso técnico ou graduação, a prática também representa uma chance de inserir-se no mercado de trabalho da profissão escolhida.

No entanto, ainda na fase de recrutamento, o estudante se depara com a exigência de experiência para ocupar a vaga. Este requisito é questionado por diversos candidatos que apontam o estágio como uma oportunidade de aprendizagem.

A gerente de Recursos Humanos, Sabrina Torres, aponta incoerência no pedido de experiência em uma seleção de estágio. “O estagiário, estudante está querendo adquirir experiência, um aprendizado. Isso, ele vai adquirir no estágio, não na faculdade. Logo, acho incoerente quando existe essa situação no dia a dia”, explica.

Para aqueles que desejam participar de uma seletiva de estágio, mesmo sem vivência prática na área, Sabrina chama atenção para a elaboração de um bom currículo e assim chamar atenção do contratante. “A produção de um bom currículo pode chamar atenção de um recrutador. Principalmente, na entrevista. Pois, na entrevista é que vamos conseguir captar o perfil daquela pessoa para a vaga ofertada e o quanto pode ela pode ser um bom aprendiz na empresa. Um currículo bem organizado, mesmo sem experiência, fazer resumo sobre isso, de forma clara apontando que não tem experiência, mas que tem o perfil desejado. Já na entrevista, é necessário que o candidato vá preparado, estudado como funciona a empresa para ter uma boa performance nesta etapa”.

Sobre cursos e formação, como oficinas, a gerente alerta que não são considerados experiência, mas como qualificação. “É muito importante que fique claro esta diferenciação. Cursos e outras formações são importantes, quanto mais qualificação técnica o candidato tiver, mais atenção do recrutador terá. Uma alternativa para quem deseja adquirir experiência é a opção de estágio voluntário. Há muitas empresas que possuem este tipo de programa e, mesmo sem remuneração, é interessante para quem deseja ter prática”, ressalta.

Mesmo diante de um cenário que parece desfavorável àqueles que estão em busca de uma oportunidade de estágio, mas não possui experiência, Torres reverbera que o importante é não desistir diante das recusar ou ausência de êxito nas seletivas. “Faz parte do nosso aprendizado, como estudante, não desistir. Vão existir muitas recusas até que aquela empresa dê uma oportunidade. O ponto chave é se qualificar, estudar, tentar participar de todo processo seletivo possível para adquirir experiência e ter uma boa performance na entrevista. A empresa certa vai te contratar sem experiência e o importante é não desanimar, continuar estudando. Se uma corporação coloca uma vaga de estágio e exige experiência, ela está mal-intencionada. Ou seja, uma mão de obra barata diante da necessidade da empresa, uma proposta de estágio disfarçada de um trabalho formal para que ela não tenha um custo muito alto com esta demanda”, adverte.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.