Inteligência emocional para gerenciar emoções

Group of business partners explaining ideas at meeting in officeA inteligência emocional é a capacidade de entender e gerenciar as emoções de maneira positiva, comunicar de forma eficaz, ser empático com os outros, superar desafios e resolver os conflitos. Se você tem uma alta inteligência emocional você é capaz de reconhecer o seu próprio estado emocional e o dos outros, e usar essa compreensão para se relacionar melhor com as pessoas. A capacidade de transformar relações ruins em saudáveis, ajuda também a obter sucesso no trabalho e a levar uma vida mais equilibrada.

Para ter sucesso na inteligência emocional você deve reconhecer suas próprias emoções e como elas afetam seus pensamentos e comportamento, conhecer seus pontos fortes e fracos, e ter autoconfiança.

Precisa ser capaz de controlar os sentimentos e comportamentos impulsivos, controlar seus sentimentos de maneira saudável, tomar a iniciativa, acompanhar, através de compromissos, e adaptar-se às novas circunstâncias.

É necessário entender as emoções e preocupações de outras pessoas, se sentir confortável socialmente, e reconhecer as dinâmicas de poder em um grupo ou organização. Saber como desenvolver e manter boas relações, comunicar com clareza, inspirar e influenciar os outros e trabalhar bem em equipe também são características de uma pessoa com a inteligência emocional bem desenvolvida

Mas, por que a inteligência emocional é tão importante?

Como sabemos, nem sempre as pessoas mais inteligentes são as mais bem-sucedidas e realizadas. Você deve conhecer pessoas que são altamente instruídas no entanto não são muito sociáveis no trabalho ou nas relações pessoais.

Sua formação acadêmica pode ajudá-lo nos estudos, mas é a sua inteligência emocional que o auxiliará no domínio das emoções quando precisar passar por provas e exames, por exemplo. A inteligência emocional pode serve para a pessoa saber lidar facilmente com o ambiente social do local de trabalho, liderar e motivar os outros, e se destacar em sua carreira. Na verdade, quando se trata de selecionar os candidatos, ter a inteligência emocional bem desenvolvida acaba sendo tão importante quanto a capacidade técnica para o cargo.

O desenvolvimento da inteligência emocional ajuda a tornar as pessoas em seres mais equilibrados, em alguém que escolhe influenciar o ambiente, a se deixar influenciar por ele, em um indivíduo que decide controlar suas emoções em vez de permitir que outras pessoas as controlem, e que age de maneira equilibrada com os outros, transmitindo segurança, transparência e confiança.

Você pode gostar...

14 Resultados

  1. Gabriel disse:

    EU AMO ESSA FACULDADEEEEEEE ♥
    KK, desculpa não conseguir segura minhas emoções

  2. Natalina disse:

    Maravilhosa essa matéria, adorei!
    Eu também estou tentando conhecer e entender melhor sobre minhas emoções, só assim poderei controlar meus sentimentos. Obrigada🤗

    • LeiaJá disse:

      Oi Natalina!

      Que bom que você gostou dessa matéria. Ficamos felizes com seu feedback.

      Aqui indicamos duas leituras que podem te ajudar nessa jornada de autoconhecimento sobre inteligência emocional.

      Inteligência Emocional de Daniel Goleman. Nesta obra o autor faz uma ótima análise e dá boas dicas sobre inteligência emocional.
      Manual da Inteligência Emocional de Bar-On, Reuven; Parker, James D. A. Nesta obra existem ótimas dicas de como aplicá-la ao seu ambiente de trabalho.

  3. Ana lidia Maciel disse:

    Gostaria de saber mas a respeito ..

    • LeiaJá disse:

      Olá Ana!

      Tudo bem?

      Existem alguns livros sobre a temática que você pode conhecer melhor as técnicas para melhor desenvolver sua inteligência emocional. Você pode conferir:
      Inteligência Emocional de Daniel Goleman. Nesta obra o autor faz uma ótima análise e dá boas dicas sobre inteligência emocional.
      Manual da Inteligência Emocional de Bar-On, Reuven; Parker, James D. A. Nesta obra existem ótimas dicas de como aplicá-la ao seu ambiente de trabalho.

      Espero ter ajudado!

      E para mais informações sobre carreiras, estágios e muito mais, continue nos acompanhando!

  4. Ana Lidia Maciel disse:

    Não tenho um grau de instrução superior. Mas entendo que inteligência emocional é fundamental!

    • LeiaJá disse:

      Olá Ana!

      A inteligência emocional não está necessariamente ligada a erudição acadêmica. Ela é sim a capacidade de encarar os problemas e dificuldades de maneira equilibrada e consciente, de modo a preservar e manter as boas relações interpessoais! 🙂

      Continue acompanhando nosso blog e fique ligada nas nossas dicas de estágios, empregos, etc.

  5. Conceição disse:

    Eu gostaria de ser avaliada em relação à inteligência emocional, porque o meu modo de pensar é diferente do outro. Como eu poderia ter essa posição?

    • LeiaJá disse:

      Olá Conceição, tudo bem?

      A inteligência emocional não é medida tal qual o teste de Q.I. Mas você pode melhorá-la e desenvolvê-la. Com a ajuda de um profissional (psicólogo, psicoterapeuta etc) é possível aumentar o nível de auto-conhecimento, e desta forma passar a entender melhor suas emoções e controlar suas reações diante das situações na vida.

      Existe na UNINASSAU a clínica-escola de Psicologia que presta atendimento à população.

  6. Edna magno disse:

    Eu gostaria muito de saber mais sobre inteligência emocional. E apreender

    • LeiaJá disse:

      Cara Edna,

      Você pode começar lendo o livro de Daniel Goleman, ele faz uma ótima análise e dá boas dicas sobre inteligência emocional. E existe também o livro de Bar-On, Reuven; Parker, James D. A, Manual da Inteligência Emocional, com dicas de como aplicá-la ao seu ambiente de trabalho.
      Espero ter ajudado!

      Fique ligada no blog de Carreiras, haverão sempre dicas legais e indicação de vagas interessantes de estágio e bolsas de estudo! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *