Pós-pandemia: veja os perfis de profissionais mais procurados pelas empresas

Diariamente, a curva de crescimento do novo coronavírus no Brasil é detalhada pela imprensa. Até junho, o Ministério da Saúde registrou 693.419 casos de Covid-19 no país e, desde as confirmações, o isolamento social e o fechamento de estabelecimentos não essenciais têm sido uma das medidas mais sugeridas pelos órgão de saúde para combater a disseminação da doença.

Mesmo com os altos índices de casos confirmados, o comércio no Brasil reabre gradualmente suas portas e aqueles que estão desempregados ou querendo se aperfeiçoar para se manter no mercado de trabalho têm procurado saber quais são os perfis de profissionais que as empresas estão procurando pós-pandemia. Para responder essa questão, entrevistamos especialistas em Recursos Humanos (RH).

“O mercado de trabalho não é mais o mesmo devido a pandemia. As estruturas, fluxos e processos organizacionais foram forçados a se adaptarem ao ‘novo normal’. Muitas empresas tendem a buscar profissionais que tenham a capacidade de se reinventar, que consigam administrar o tempo e ter senso de auto gerenciamento, principalmente nos cargos que permitem home office. O profissional ainda deve ser capaz de mesmo em casa entregar resultados”, diz o coordenador de Treinamentos e Gestão, Jessé Barbosa.

Para Amanda Buarque, coordenadora de RH do grupo Ser Educacional, “os perfis mais procurados vão ser aqueles que têm alta capacidade de adaptação, flexibilidade e habilidades com ferramentas de tecnologia. Além de pessoas que sejam disciplinadas e ágeis com foco em resultados.”

Quem deseja se qualificar para o novo mercado que está surgindo, os especialistas recomendam, neste período de isolamento social, buscar se aperfeiçoar de forma on-line e gratuita. “Muitos profissionais neste período de quarentena pode se qualificar através de diversos sites que oferecem formação gratuita. Cursos, mini-cursos, webinares e lives são algumas das formas. A internet recebeu uma enxurrada de informações de atualização profissional neste período”, garante Barbosa.

Amanda Buarque fala que hoje não há desculpas para não se qualificar. “Hoje existe uma série de ferramentas e cursos on-line gratuitos para se aperfeiçoar. Não existe mais a desculpa de precisar pagar ou precisar ir para algum lugar para fazer uma qualificação. Os profissionais vão precisar neste período ter foco para poder usar esse tempo para fazer algo produtivo e se aperfeiçoar na sua área”, diz.

O que as empresas procuram?

A gestora de equipes Rayanne Xavier diz que, além do mercado de trabalho, toda sociedade passará por transformações necessárias. “Acredito que irá se tornar mais criterioso o olhar da empresa com os futuros colaboradores, que precisarão ter capacitações e facilidade de adaptação aos diversos cenários da empresa. O home office, por exemplo, realidade de apenas alguns, será a de muitos no pós-pandemia.”

Ela ainda alerta sobre algumas características que os profissionais mais procurados pelas empresas precisam ter. “Com certeza os mais procurados são aqueles capacitados, inovadores, adaptáveis e que estejam dispostos ao novo em qualquer circunstância”, diz.

A gestora lista cinco habilidades indispensáveis que os profissionais devem ter para o mercado de trabalho pós-pandemia; confira:

  1. Boa comunicação
  2. Facilidade de integração
  3. Criatividade
  4. Inteligência emocional.
  5. Proatividade

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.