Saiba como incluir trabalho voluntário no currículo e aumentar as chances de contratação

Pouca gente sabe, mas, realizar trabalhos voluntários agrega valor e potencializa o currículo. Isso porque, as ações beneficentes são bem vistas pelos recrutadores e demonstram o compromisso e iniciativa do aspirante a uma vaga de emprego. 

“A experiência do voluntariado possibilita ao indivíduo o contato com as mais variadas situações. Logo, ele será levado a desenvolver habilidades como, por exemplo, trabalho em equipe, escuta e reflexão sobre diversos contextos sociais, culturais e econômicos”, analisa a especialista em recursos humanos Taciana Pardo.

Entretanto, ela salienta que há maneiras de colocar experiências voluntárias no currículo. “É muito importante que o candidato saiba escolher quais trabalhos voluntários colocar no documento. Pois, não adianta enchê-lo de trabalhos não remunerados se não têm relação com o cargo desejado”, explica. 

Questionada sobre qual a melhor forma de incluir o voluntariado no currículo, a especialista pontua algumas dicas. Confira! 

Onde colocar? 

“As atividades voluntárias não são as informações mais importantes do currículo. Por isso, deve-se colocá-las no campo ‘atividades complementares’ que, geralmente, fica no final do documento”, ressalta Taciana. 

Formatação 

“Assim como as experiências anteriores, trabalhos não remunerados ou beneficentes devem ser organizados de forma cronológica, ou seja, das ações mais recentes para as mais antigas”, frisa. 

Evite ser prolixo 

“Por mais que você tenha realizado vários trabalhos desse tipo, é preciso ter cautela, escrever o necessário e evitar a prolixidade para não cansar quem está analisando o currículo”, observa. 

Objetividade 

“Escreva, de forma breve e objetiva, as ações e funções executadas durante o voluntariado e de que forma foram importantes para o desenvolvimento profissional”.


Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.