Saiba como pedir aumento salarial no seu emprego

Por Samuel D’Paulla

Vários fatores devem ser analisados antes de o aumento ser pedido / Pixabay

Pedir aumento salarial ao chefe nunca foi uma tarefa fácil. E ao avaliar o cenário atual do Brasil e do mundo, as expectativas podem dar lugar a grandes incertezas, uma vez que a pandemia da Covid-19 desencadeou uma crise financeira em vários setores.

Segundo Keila Martins, diretora de recursos humanos, antes de o colaborador pedir aumento salarial, é importante ter noção da atual situação financeira da empresa em que atua.

Além disso, a especialista orienta que o profissional analise o estado emocional da chefia antes de pedir uma reunião, bem como, esse profissional deve fazer uma autoanálise sobre o próprio rendimento e produtividade. Dessa forma, ele avaliará se conseguiu ou não promover melhorias no setor onde trabalha.

Ainda sobre esse aspecto, conhecer o próprio profissionalismo dentro da empresa é de suma importância, como salienta a gestora de RH Vera Coelho.

“É fundamental planejar e estruturar seus argumentos baseados nas entregas, no valor que foi gerado, no que você agregou à área e/ou à organização, mostrar por que merece ser reconhecido com o aumento salarial. É importante, também, ser transparente, utilizar uma linguagem direta, clara e objetiva, falar abertamente sobre a expectativa”, orienta.

Boa relação com o chefe

Ter uma boa relação com o chefe, ou qualquer vinculo externo, não é garantia de privilégios. Para Vera Coelho, é importante “agendar um momento previamente com o seu gestor, de preferência após um feedback positivo, um resultado expressivo e sólido”.

“É importante avaliar como a organização está naquele momento”, complementa.

Sobre o percentual de aumento desejado, a gestora indica: “A pessoa tem que ter claro o quanto ela está pensando em receber de aumento, e se esse valor que ela pensa, na verdade, já configura uma promoção”, conforme a “política de remuneração” da empresa.

Sendo positiva a resposta, Keila Martins, diretora de RH, diz que é uma forma de valorização da pessoa. “É tão importante porque os colaboradores se sentirão mais motivados, proativos e mais confiantes”, destaca.

Em caso de recusa

Havendo uma recusa, Vera Coelho, por sua vez, orienta o funcionário a manter-se centrado e esperar outro momento para solicitar um novo pedido de promoção.

“(O funcionário) pode questionar se em outro momento é possível fazer a aplicação do aumento, se podem estimar um tempo ou se é necessário buscar algo a mais, uma capacitação para ele receber o aumento”, acrescenta.

A dificuldade para conquistar um aumento salarial pode se dar por diversos fatores, tais como: falta de argumentos concisos e ausência de evidências concretas dos resultados/performance do colaborador, além da falta de reconhecimento por parte da liderança.

A estruturação da empresa, cultura e a ausência de plano de crescimento e desenvolvimento também são situações que podem impedir um desenvolvimento salarial. 

Além disso, o patrão pode estar inserido em uma realidade de ausência de “gordura” no orçamento da área financeira da empresa, o que impossibilita a concessão do aumento.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.