Saiba o que escrever no corpo do e-mail ao mandar um currículo

O e-mail é o primeiro contato com a empresa

Enviar um currículo por e-mail é o primeiro contato com a recrutadora, por isso, é importante ir além do “Segue, em anexo, o meu currículo para análise”.

Assim como o currículo, o texto enviado para o endereço eletrônico da empresa responsável pela vaga requer atenção, alguns cuidados, apresentar um tom agradável e transmitir credibilidade.

Se “a primeira impressão é a que fica”, confira as dicas que o managing partner, da Share RH, Luiz Eduardo Drouet ressalta para acertar na escrita do e-mail.

Título (caso a empresa não especifique o assunto do e-mail)

Incluir o nome da vaga, a palavra CV ou currículo e o nome da pessoa que está se candidatando.

Saudação

“Não existe uma regra específica. As organizações têm modernizado suas comunicações e exigido cada vez menos formalidade. Ao mesmo tempo, se tratando do primeiro contato do profissional e considerando que ele está se candidatando a uma vaga, deve-se tomar cuidado para transmitir credibilidade”

Neste sentido, saudações como “Bom dia/tarde/noite” e “Prezado(a)”, caso tenha o nome da pessoa para quem o e-mail é direcionado, funcionam bem”, explica Luiz Eduardo.

O que pode X O que deve ser evitado


Pode
: “Logo após a saudação inicial, deve ser objetivo e registrar o seu interesse pela candidatura à vaga aberta. É importante, sempre que se tem essa informação, se referir à vaga com as exatas palavras com que a empresa está trabalhando a posição. Isso facilita as buscas e a organização das candidaturas. Além disso, é importante destacar resumidamente os principais pontos pelos quais você acredita ser a pessoa certa para a vaga”.

Ademais, o managing partner salienta que o candidato deve escrever tudo isso de forma sucinta, sem excessos.

Evitar: “O que não deve entrar é exatamente aquilo que não acrescentará àquela etapa do processo seletivo e consequentemente aumentará as chances do email não ser lido por completo. Deve-se preservar o profissionalismo em todo o processo seletivo, inclusive nessa etapa”.

Ele também pontua que informações de cunho pessoal também não devem constar no e-mail.

Despedida

“Recomenda-se agradecer pela atenção dedicada e encerrar com palavras como ‘atenciosamente’ e ‘cordialmente’. Deve-se tomar cuidado para não usar uma abordagem coloquial, com gírias, por exemplo”, alerta Luiz Eduardo Drouet.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.