Tem Linkedin? Confira quatro dicas para se destacar e conseguir um emprego

As redes sociais estão sendo usadas como aliadas na busca por um emprego, recolocação profissional e construção de networking.

Com jeito de Facebook, mas com um objetivo mais profissional, o Linkedin possui várias ferramentas para conectar recrutadores e trabalhadores sem a necessidade de sair de casa.

“As possibilidades de conexões com diversas pessoas, além do ciclo de amizade, compartilhamento de currículos, portfólio e vagas exclusivas fazem do Linkedin um site perfeito para quem está em busca de uma oportunidade ou novo emprego”, explica a consultora de carreira Fernanda Ribeiro. 

Para Fernanda, a rede social possui o que é necessário para “se vender” e, assim, conquistar uma vaga. Entretanto, ela observa que, como se trata de um perfil na internet, é necessário alguns cuidados.

“Não é porque é uma rede social que você pode compartilhar fotos de churrasco, festa de família, com roupas mais ousadas, entre outros comportamentos que podem comprometer sua vaga de emprego”, sinaliza.

Para quem já usa ou pretende criar um perfil no LinkedIn, a consultora destaca cinco dicas para conseguir um emprego. Confira:

Informações atualizadas com sucesso

“Não adianta criar um perfil no LinkedIn e esperar que uma vaga de emprego apareça sem esforço algum. É necessário atualizar sempre. A ferramenta possui muitas opções e ações para isso. Por isso, use-as ao seu favor”, diz Fernanda. 

As conexões são importantes 

“Fazer boas conexões ajuda muito na busca por um emprego. Porém, cultivá-las é igualmente importante. Interaja com elas, mas sem perder o bom senso”. 

Aparecer para se vender 

“O espaço virtual está para você se mostrar, mostrar o profissional que você é e o porquê as empresas precisam de um funcionário como você no quadro de trabalhadores. Produza textos, compartilhe ideias, resultados. Isso atrai a atenção dos recrutadores”. 

Amigos, amigos. LinkedIn a parte

“O Linkedin é um perfil profissional, mas, muito gente ainda insiste em estabelecer as mesmas conexões da vida pessoal. Isso não quer dizer que não pode ter amigos nas conexões, mas o objetivo é expandi-las para, assim, criar novas possibilidades”. 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.