Você pode e deve definir qual a sua pretensão salarial. Descubra como

Na disputa por uma vaga de emprego muitos são os desafios a serem superados. Um deles pode aparecer muito antes do próprio envio do currículo: definir qual sua pretensão salarial. A exigência de algumas empresas pode causar receio na hora da candidatura, mas fazendo uso do seu bom senso e se ligando nessas dicas, o tema pode deixar de ser um tabu.

É comum em países estrangeiros discutir sobre o salário em entrevistas de trabalho mas, aqui no Brasil, essa prática ainda é um pouco tímida. A importância em tratar do assunto, desde o primeiro momento, é tornar o processo seletivo prático para ambos os lados. A pretensão salarial serve como filtro para que a empresa identifique aquele que pode lhe trazer os melhores resultados por um menor custo. Já para quem pleiteia uma vaga, é um meio de medir se o oferecido pode suprir suas necessidades e aspirações. Mas, como lidar com este momento delicado da seleção?

Currículo

Muitas empresas pedem que a pretensão salarial seja informada no currículo. Não existe uma regra específica de onde e como deve ser colocada tal informação, mas o indicado pelos especialistas em Recursos Humanos é de que ela venha logo abaixo dos seus dados básicos como nome e endereço.

Bom senso

Uma das maiores dúvidas é se o valor pedido deve ser baixo – para não perder a oportunidade – ou alto – para possibilitar uma negociação. Na verdade, o ideal é pesquisar os salários praticados pelo mercado, para aquela função. A pesquisa pode ser feita através de sites na internet ou até mesmo consultando colegas que porventura ocupem uma vaga semelhante.

Sinceridade

Sua pretensão deve ser baseada na sua experiência, refletindo sua trajetória profissional e competências desenvolvidas ao longo do tempo. Mandar um valor abaixo do que seu currículo ‘vale’, ou ainda menor que o último salário recebido, não é garantia de sucesso na concorrência pela vaga.

Momento certo

É preciso saber esperar pelo momento certo para discutir valores. Caso a empresa não tenha solicitado sua pretensão salarial no currículo, aguarde o recrutador tocar no assunto durante a entrevista. Quando isso acontecer, não precisa ter melindres, basta lembrar das dicas anteriores e conversar abertamente sobre o tema.  

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *