Você sabe o que é uma startup?

Foto: Pixabay

Se você tem uma ideia que julga inovadora, entende um pouco de tecnologia e tem espírito empreendedor talvez você devesse montar uma startup. Esse tipo de empresa, geralmente em fase embrionária, começou a se popularizar no Brasil em meados de 2011, e é caracterizada por surgir de ideias simples, que podem gerar bastante lucro em curto período de tempo. Porém, para dar certo é preciso ter um bom plano de negócios que atraia investidores dispostos a tornar o sonho dos novos empreendedores uma realidade.

O que é uma startup

Para nascer, uma startup precisa apenas de uma ideia viável e gente interessada em investir nela. A proposta é montar um modelo em que os custos para produção serão os mínimos possíveis. Por estarem no início esses projetos aparecem ligados à pesquisa, investigação e desenvolvimento,  são feitos a partir de ideias inusitadas e costumam apresentar certo risco para seus investidores. O termo “startup” é usado para representar empresas, em sua maioria ligadas à tecnologia, que estão começando a dar os primeiros passos, em busca de um lugar no mercado. Elas ainda não estão consolidadas e são preferencialmente desenvolvidas em ambiente virtual, porque é mais barato criar uma empresa de software do que começar com algo maior.

Modelo escalável

Uma das características que uma startup tem que ter é um modelo de negócios escalável. Para isso é preciso avaliar se o ganho de escala e produtividade é maior que a demanda de recursos utilizada em mão de obra e manutenção. Se for, então o projeto pode ser considerado escalável, sendo assim, mais atrativo para investidores. Franquias são exemplos de modelos escaláveis que podem surgir de projetos de startups.

Tenho uma ideia, e agora?

Antes de sair oferecendo seu projeto por aí é importante se assegurar que algumas coisas estarão bem definidas. A primeira delas é a identificação do público-alvo. Para quem esse produto ou serviço será destinado? Que são os clientes em potencial e o que eles querem? Uma pesquisa de mercado é uma ótima alternativa para entender o perfil dos seus futuros clientes e assim conseguir pensar em adequações para o seu projeto, fazendo com que ele sempre se destaque.

Por fim,  desista de achar que só ter uma ideia é suficiente. É preciso estudar e muito! Se você não tem condições de ter uma equipe de especialistas saber conceitos básicos de administração, marketing e finanças é essencial para não correr riscos desnecessários ao montar o negócio. Procure por cursos livres, graduação, especializações, que agreguem conteúdo ao seu projeto. Quanto mais informação você puder agregar ao seu projeto mais você estará preparado para as adversidades.

 

Gostou da nossa matéria? Coloca nos comentários se você já pensou em ter ou já montou uma starup!

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.